Intel explica por que seus Bay Trail são melhores que os A7 da Apple

1 min de leitura
Imagem de: Intel explica por que seus Bay Trail são melhores que os A7 da Apple
Avatar do autor

Chip da Apple é obsoleto em relação aos da Intel (Fonte da imagem: Reprodução/Engadget)

O último lançamento da Apple no mercado de smartphones trouxe o primeiro aparelho do gênero funcionando com um processador 64-bits. Com isso, a companhia conseguiu chamar bastante atenção para o produto e tem sido acusada de querer exatamente isso. Um executivo da Qualcomm inclusive comentou que o chip A7 e sua nova arquitetura não traíram qualquer melhora de desempenho para o consumidor. Na última terça-feira foi a vez do CEO da Intel, Brian Krzanich, explicar por que a sua nova geração de chips mobile são melhores que o A7 da Apple.

Krzanich não chega a ser tão duro com a Maçã quanto foi o executivo da Qualcomm, mas comenta com termos técnicos que a tecnologia usada no A7 é obsoleta, comparada ao que foi empregado na produção dos Bay Trail da Intel. “Os produtos que estamos entregando hoje já são 64-bit. E se você der uma olhada em coisas como a densidade de transistores e comparar o A7 com nossos Bay Trail, que tem alta densidade com tecnologia de 22 nm, poderá perceber que a densidade de transistores no nosso chip é maior que a do da Apple”, explicou Krzanich.

Em outras palavras, o CEO da Intel disse que arquitetura de 14 nm do A7 não é nem de perto tão eficiente quanto a utilizada nos próximos dispositivos da empresa. A fabricante de chips pretende lançar os primeiros dispositivos com Atom Bay Trail em novembro no mercado internacional.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Intel explica por que seus Bay Trail são melhores que os A7 da Apple