A Intel deu um passo importante para se tornar uma das companhias mais poderosas na corrida pelo mercado de carros autônomos — e os sistemas por trás deles. A gigante anunciou nesta segunda-feira (13) a compra da Mobileye pelo total de US$ 15,3 milhões (cerca de R$ 48 milhões).

A Mobileye pode não ser tão conhecida pelo nome por quem não acompanha o setor, mas é uma peça importante no mercado. Ela é a responsável pela produção de diversos sensores, sistemas inteligentes de comando e soluções na nuvem para carros autônomos. A ideia é juntar esse portfólio com a verba, o conhecimento e os processadores da Intel, concentrando todos os produtos e processos sob uma única dona.

O futuro promete

Anteriormente, ambas estiveram juntas em um projeto de veículo independente com a BMW, sendo que a Mobileye também trabalhava com modelos da Tesla. Não se sabe agora como os projetos serão desenvolvidos, mas é certo que marcas como a Qualcomm devem fazer alguma nova movimentação para correr atrás da rival.

Segundo a Intel, a aquisição vai "acelerar inovações para a indústria automotiva e posicionar a Intel como provedora líder em tecnologia nesse mercado de rápido crescimento que é o de carros totalmente autônomos". E o interesse não poderia ser maior: especula-se que essa área movimente até US$ 70 bilhões em 2030.

Cupons de desconto TecMundo: