Intel é uma das maiores fabricantes de processadores do mundo, mas a marca foca muito mais em computadores do que em dispositivos móveis.

Entretanto, de acordo com o site Nikkei Asian Review, essa história pode mudar, uma vez que a empresa pode fechar negócios com a Apple para fornecer componentes para futuros dispositivos iOS.

A proposta pode não mudar muita coisa para a Apple, já que a dona dos iPhones vai continuar desenhando seus chips. Todavia, este pode ser um grande avanço para a Intel, que não tem muita representatividade no setor de produtos ARM. Com essa mudança, a Maçã deixaria de contratar os — ou reduziria a quantidade de encomendas dos — serviços da TSMC, que ainda deve fabricar chips para seus produtos em 2017.

Vale notar que a negociação não se deve a qualquer tipo de exclusividade no processo da Intel, uma vez que as duas fabricantes (TSMC e Intel) têm condições de trabalhar com litografia de 10 nanômetros para os próximos chips da Apple. A mudança para a Intel, todavia, seria interessante para os Estados Unidos, uma vez que isso vai gerar mais empregos por lá.

Por ora, Intel e Apple não comentaram sobre o assunto. Contudo, novidades devem surgir em breve, uma vez que negociações desse tipo são feitas com bastante antecedência, já que apresentam valores astronômicos e prazos prolongados.

Cupons de desconto TecMundo: