A modelo Michelli Provensi não curtiu as mudanças nos termos de uso do Instagram (Fonte da imagem: Reprodução/Instagram)

Caso você ainda não esteja sabendo, os novos termos de uso do Instragram dão ainda mais “poder” à rede social. Segundo o novo contrato, que passa a valer a partir do dia 16 de janeiro, o serviço terá direito comercial sobre as fotografias postadas pelos usuários – podendo inclusive vendê-las para terceiros sem que haja qualquer compensação financeira para os “donos” das imagens.

O fato é que a novidade não agradou a muita gente – quase ninguém, para falar a verdade. Basta vasculhar um pouco os comentários das pessoas na internet para perceber que a mudança não foi bem recebida. Muito pelo contrário, reações nada amistosas, como protestos e boicotes, já surgem de forma avassaladora na internet.

O principal alvo, como não poderia deixar de ser, é Mark Zuckerberg, inventor e principal acionista do Facebook – rede social que adquiriu recentemente o Instagram. A maioria dos usuários culpa o “nerd” pela nova política de cobrança e monetização do site.

A imagem colocada ali em acima, por exemplo, é da modelo Michelli Provensi. A garota postou a fotografia na sua conta dentro do próprio serviço, mostrando uma maneira de protesto que deve bombar nos próximos dias. Utilizando um gesto nada educado, vamos dizer assim, Provensi sugere ao executivo que venda a foto para a publicidade.

Cupons de desconto TecMundo: