Se você está nas redes sociais certamente já viu ou ouviu falar de influenciadores, pessoas que são pagas para realizar algumas tarefas, como interagir com outros usuários e publicar coisas de tempos em tempos. Um dos veículos que contam com integrantes desse grupo é o Instagram, mas parece que nem todos estão agindo como deveriam e, por conta disso, o time responsável pela rede social está fazendo com que essas mensagens não apareçam nas buscas.

Segundo notícias que estão correndo a rede nos últimos dias, o Instagram fechou alguns sites parceiros e aplicativos como o InstaPlus, PeerBoost e o Instagress por violarem os termos de uso e as diretrizes da comunidade. O motivo? Alguns desses influenciadores estavam recorrendo a eles para automatizar o envio de mensagens, já que tudo que precisavam fazer era pagar a quantia necessária pelo número de ações desejadas e deixar um bot realizar o restante do serviço.

Abaixo você pode ver uma tela que mostra mais ou menos como esse tipo de serviço funciona, bem como algumas das ações que eles podem realizar:

E isso é ruim?

Estamos falando de algo automatizado em uma rede social, então por mais que a inteligência artificial seja capaz de gerenciar tais tarefas, ainda há uma coisa que ela não está apta a fazer: diferenciar o tipo de publicação na qual a mensagem vai aparecer.

A imagem que você confere abaixo dá uma prova de como isso tem acontecido nos últimos tempos. Enquanto na coluna da direita temos a oportunidade de ver comentários que realmente foram feitos por pessoas e adicionam algo útil ao bate-papo, a da direita conta apenas com um aglomerado de hashtags e até mesmo emoticons genéricos que fogem totalmente do que está acontecendo na discussão.

Interação real x interação automatizada

Sendo assim, restarão apenas duas alternativas para os membros desse grupo: ou eles passam a interagir de verdade com as pessoas ou certamente serão esquecidos/ignorados pelos usuários.

Cupons de desconto TecMundo: