Com o lançamento do terceiro filme do Homem de Ferro, muita gente ficou sabendo um pouco mais sobre a história do herói e também notou que ele desenvolveu inúmeras armaduras. Assim como mostra a produção, esses trajes são fruto da preocupação que Tony Stark tem de proteger a Terra contra grandes ataques alienígenas.

Por conta disso, você pode ter notado que as armaduras que o herói utiliza durante os quatro filmes em que ele aparece — contando com “Os Vingadores” — obedecem a uma certa ordem de evolução. Como você deve imaginar, Stark adaptou os seus trajes para que eles ganhassem novos recursos e vencessem os vilões de cada época.

Mudanças sempre presentes

A armadura chamada de Mark I é a que foi utilizada para a fuga das cavernas em que os terroristas o mantinham preso — e ela contava apenas com o isolamento balístico básico, possibilitando pequenos voos e crescimento de força. No entanto, este foi apenas o começo da saga do herói.

Com a Mark II, Tony Stark adquiriu comandos de voos mais estabilizados, visores holográficos e comunicação direta com o famoso JARVIS. Em seguida, a terceira armadura ganhou mais proteções e poder de fogo, como mísseis e metralhadoras, além de apresentar a coloração clássica do Homem de Ferro, que é vermelha e dourada.

No segundo filme do Homem de Ferro, a Mark IV é mostrada, sendo que a mudança mais notável é a possibilidade de retirar o capacete de forma manual. Em seguida, a quinta versão da armadura apresenta uma portabilidade bem notável, permitindo o manuseio na forma de uma pasta executiva de alta tecnologia. Já a sexta “edição” tem o reator ARC triangular e é mais ágil para lutas terrestres.

Como algumas pessoas podem ter imaginado, a Mark VII aparece no filme “Os Vingadores” e é a armadura que Tony Stark utiliza depois de tentar “negociar” com Loki. Ela é o primeiro traje controlado remotamente, sendo que isso é feito através de sensores utilizados nos pulsos do herói.

Mas e os quadrinhos?

As pessoas que já leram pelo menos um pouco das aventuras do Homem de Ferro nos quadrinhos sabem que ele tem armaduras de todos os gêneros. Por conta disso, o herói pode enfrentar diversos tipos de inimigos ou adversidades sem estar despreparado — o que é uma vantagem enorme.

Abaixo, você pode conferir mais detalhes sobre as versões especiais que foram mostradas no infográfico.

The Space Armor – Um astronauta especial

A versão branca da Space Armor. (Fonte da imagem: Reprodução/Flickr)

No começo da década de 1980, o Homem de Ferro começou a aceitar missões cada vez mais extremas, sendo que os atos heroicos dele foram requisitados até mesmo fora da atmosfera terrestre. Por conta disso, ele criou a Space Armor, que é exclusiva para a utilização espacial.

The Stealth Armor – Coisa discreta

Tony Stark desenvolveu uma armadura feita para operações furtivas, ocasiões em que a sua presença precisava ser escondida. Além de ser azul-escura e de se chamar Stealth Armor, essa versão conta com ferramentas magnéticas e outros recursos de manipulação — no entanto, sua resistência e poder de fogo são reduzidos.

The Hydro Armor – Não, não enferruja

Em diversas ocasiões, o Homem de Ferro se viu obrigado a lutar em regiões submersas. O problema é que as suas armaduras não o protegiam de grandes pressões e nem do frio extremo. Dessa maneira, Stark acabou criando a Hydro Armor, que é perfeita para missões em águas profundas ou para lugares inóspitos.

The Modular Armor – Pau pra toda obra

Uma das armaduras mais práticas de Tony Stark. (Fonte da imagem: Reprodução/Comicvine)

Você já pensou o quanto é difícil atualizar uma armadura para diferentes situações e em um curto espaço de tempo? Pois Tony Stark já, tanto que ele criou a Modular Armor, que pode utilizar peças diferentes, como armas de maior calibre ou propulsores maiores, por exemplo.

Hulkbuster Armor – E o Hulk?

Um das preocupações do Homem de Ferro, em relação aos Vingadores, é o poder do Hulk. Por conta disso, a Hulkbuster Armor foi criada. Com isso, Stark poderia ter uma chance de bater de frente com o Gigante Esmeralda e impedir a destruição de cidades inteiras, por exemplo.

Thorbuster Armor – Lutando contra deuses

Além de se preocupar com o Hulk, outro herói que poderia causar muitos problemas dentro dos Vingadores é Thor. Pensando nisso, Stark criou a Thorbuster Armor, que é forte o suficiente para encarar o deus nórdico — e essa armadura é capaz de absorver a energia liberada pelo martelo Mjölnir.

Zombie Armor – A versão zumbi

Em um dos universos da Marvel, grande parte dos super-heróis acabou contaminada por um vírus que os transformou em zumbis. O líder desses “doentes” é um Homem de Ferro, que utiliza uma armadura clássica, mas toda danificada de diversas lutas e cheia de sangue das suas vítimas.

The Plastic Ghost Armor – Algumas melhorias

Discreta e poderosa! (Fonte da imagem: Reprodução/Comicvine)

Outra pessoa que colocou uma pulga atrás da orelha do Homem de Ferro foi o Pantera Negra. Para se defender dele, Tony Stark realizou alterações na Stealth Armor e criou a versão Plastic Ghost Armor. Esse “brinquedo” ganhou kevlar e peças de cerâmica para melhorar a resistência, assim como melhorias nas suas armas.

The New Armor – A invencível

Atualmente, o Tony Stark dos quadrinhos viu o seu império desmoronar, de modo que ele precisa se reerguer — e isso inclui as suas armaduras. O novo modelo ainda não tem nome, mas já é possível constatar que essa arma é mais avançada, resistente, ágil e poderosa do que todas as outras que já foram apresentadas.

Cupons de desconto TecMundo: