Espaço, a fronteira final. Você pode até achar uma preocupação demasiada, mas por trás de uma viagem espacial existem milhares de pequenos detalhes a serem levados em consideração. Se as espaçonaves e estações espaciais requerem cuidados especiais, a mesma regra se aplica aos trajes utilizados pelos astronautas.

São eles a principal fonte de vida de um ser humano no espaço. Durante as missões tripuladas, quando dentro de uma espaçonave, o próprio meio de transporte se encarrega em fornecer toda a subsistência necessária para o astronauta. Contudo, em uma “caminhada pelo espaço”, o suporte de vida é garantido quase que completamente pelo traje.

Para que você possa conhecer mais detalhes da tecnologia de construção de uma roupa espacial, o Tecmundo elaborou um infográfico mostrando quais são as principais partes de um traje e como elas influenciam diretamente na subsistência de um astronauta.

Multifuncional

A primeira função do traje de um astronauta e protegê-lo das baixas temperaturas que podem ser percebidas no espaço. Desenvolvido para atividades extraveiculares (EVA), o traje garante, além da proteção, flexibilidade na movimentação externa à nave. É bastante comum que os astronautas precisem fazer reparos, se valendo de ferramentas diversas.

Para isso, tanto a movimentação dos braços quanto a das pernas precisa proporcionar ao profissional a maior flexibilidade possível. O mesmo acontece com as luvas que, embora precisem ser espessas o suficiente para combater as baixas temperaturas, devem permitir a livre movimentação dos dedos.

Dessa forma, a pesquisa por novos materiais é constante, visando sempre oferecer o que há de mais moderno e eficiente para os astronautas.

Central de comando

Além de carregar uma grande quantidade de suprimentos, como água, oxigênio e baterias elétricas, o traje espacial precisa funcionar como uma espécie de central de comando. A partir dele é possível gerenciar a utilização de todos os itens disponíveis na roupa especial, bem como coordenar algumas funções internas da espaçonave.

Às costas, os astronautas da NASA carregam uma mochila com nitrogênio. Quando ativada, ela permite que o indivíduo possa se aproximar da nave, caso aconteça algum incidente com os ganchos de proteção que prendem o cosmonauta ao veículo.

Os trajes são desenvolvidos de maneira padrão, ou seja, não são adaptados para o tamanho de cada astronauta. Contudo, como as partes inferior, superior e mangas são modulares, é possível adaptar a roupa da melhor maneira possível ao corpo de cada um dos profissionais da NASA que têm a oportunidade de embarcar em uma missão espacial.

Infográfico: Tim Trauer

Cupons de desconto TecMundo: