Com o passar dos anos, a tatuagem tem quebrado tabus, está se tornando algo bastante comum, principalmente entre os mais jovens, e tem sido mais bem aceita no mercado de trabalho. E a tecnologia pode colaborar para que a arte de “pintar o corpo” evolua.

Por exemplo, você já se imaginou sendo tatuado por um robô? Saiba que isso pode acontecer em um futuro não tão distante e o primeiro passo nesse sentido foi dado por um grupo de estudantes que adaptaram uma impressora 3D para que ela tivesse a capacidade de tatuar.

A ideia do “robô-tatuador” surgiu na cabeça de Pierre Emm enquanto pedalava sua bicicleta a caminho do curso de design que realiza. Com a ajuda de seus colegas Piotr Widelka e Johan Da Silveira, ele usou uma MakerBot Replicator para participar de uma competição de inovação promovida pelo Ministério da Cultura da França.

Os estudantes tiveram oito horas para fazer com que a impressora se transformasse em um tatuador robótico. Nessa data e por um período posterior, os testes iniciais com a invenção foram efetuados em materiais sintéticos que imitam a pele.

Depois de aperfeiçoar as adaptações realizadas, os responsáveis pelo projeto resolveram buscar um voluntário para ser a primeira pessoa tatuada por uma impressora. Eles encontraram Antoine Goupille, que recentemente passou pela experiência única até o momento.

No vídeo inicial desta notícia, você confere cenas do processo de adaptação da impressora. Por sua vez, a segunda filmagem retrata o dia no qual o equipamento foi colocado à prova e tatuou seu primeiro “cliente”. Os estudantes publicaram no Instructables um guia com todos os passos necessários para transformar uma impressora 3D em tatuador.

Cupons de desconto TecMundo: