(Fonte da imagem: Reprodução/Phys.org)

O Fraunhofer Institute for Manufacturing Engineering and Automation usou a natureza como inspiração para seu mais novo e tecnológico sistema de propulsão submarina. O polvo serviu de modelo para que a companhia desenvolvesse um equipamento que, além de simplificado, é o mais silencioso possível.

Para começar, foi necessário estudar o segredo da propulsão dos polvos: esses animais enchem um compartimento com água e liberam o líquido com forte pressão em forma de jato a partir de um sifão, que pode ser direcionado para que o movimento seja o mais preciso possível.

O sistema de propulsão funciona de forma parecida com bulbos de polímero de plástico para armazenar a água. A diferença é que o equipamento é produzido de uma só vez em uma impressora 3D, com exceção do pistão hidráulico, que é a peça que contrai o bulbo e expele o líquido.

Os protótipos atuais feitos na impressora 3D são capazes de mover pequenos barcos e até algumas lanchas, mas a ideia é fazer modelos gigantes capazes até de servir como turbinas de navios. A ideia é recebida com entusiasmo pela indústria, já que é econômica e ecológica – tanto por diminuir a poluição quanto por causar menos acidentes com animais marinhos.

Cupons de desconto TecMundo: