(Fonte da imagem: Divulgação/Huawei)

O Brasil mal entrou na era da conectividade móvel 4G, mas outras partes do mundo já estão dando o próximo passo. Na Europa, a companhia chinesa Huawei já trabalha com pesquisas em seus laboratórios para desenvolver um novo padrão de acesso à internet.

Com previsão para chegar ao mercado entre 2020 e 2030, o 5G seria cem vezes mais rápido que qualquer conexão móvel atual, com uma velocidade estimada em 10 Gb/s. Uma das tecnologias estudadas pela Huawei para tornar isso possível é a Cloud-RAN, que são redes de acesso via rádio baseadas na nuvem.

Tanta velocidade possibilitaria a ampliação do uso da nuvem em tablets e smartphones, a chegada definitiva do Big Data e a realização de videoconferências por esses aparelhos com a mesma naturalidade que realizamos chamadas por vídeo no computador, por exemplo.

“A comunicação visual se tornará convencional e as pessoas utilizarão dispositivos wireless para interagir instantânea e remotamente com outras pessoas, como se estivessem se encontrando cara a cara”, explica o chefe dos Laboratórios de Tecnologia para Comunicações da empresa, Weng Tong.

Cupons de desconto TecMundo: