Atualmente, os smartphones Android top de linha costumam rodar com 4 GB de RAM. Contudo, o mercado é o mercado, e as fabricantes querem aumentar a potência do hardware todo ano, todo lançamento. Agora, mesmo que não massificadas, já existem opções de celulares com 6 GB ou 8 GB de RAM; isso é realmente necessário? Para o CEO da Huawei, Richard Yu, não.

Richard Yu já havia comentado que possuir um smartphone com tela de 6" em resolução QHD era um exagero, agora ele seguiu a linha de pensamento ao comentar sobre a memória RAM na rede social chinesa Weibo.

Os smartphones já conseguem ser muito responsivos com 4 GB de RAM

É interessante notar que, apesar de o executivo pensar dessa maneira, a Huawei oferece o P9, um smartphone top de linha com tela grande — mais de 6" — QHD e 6 GB de RAM.

A questão, segundo Richard Yu, é que os smartphones já conseguem ser muito responsivos com 4 GB de RAM, e essa quantidade é mais do que o suficiente em um celular. Na declaração, ele ainda comenta que aparelhos com o combo 4 GB e 128 GB de armazenamento são melhores que os aparelhos com 6 GB RAM e 64 GB de armazenamento.

Um exemplo disso é o OnePlus 3, como nota o WccfTech: o OnePlus 3 conta com 6 GB de RAM e perdeu em todos os benchmarks para o Samsung Galaxy S7 edge, que conta com 4 GB RAM. A questão aqui é uma só: fluidez do sistema operacional e interface de usuário.

  • E você? Concorda com o CEO da Huawei? Dê a sua opinião nos comentários. Abaixo, você confere a opinião do executivo na íntegra.

Weibo

Cupons de desconto TecMundo: