Embora não seja tão conhecida por aqui, a Huawei é considerada a terceira maior fabricante de smartphones do mundo, permanecendo atrás apenas da Samsung e da Apple. Portanto, quando a empresa diz que está pensando em abandonar o Android e produzir um sistema operacional próprio, é bom prestarmos bastante atenção nessa proposta ousada.

Para enfrentar diretamente os concorrentes, a Huawei está contratando antigos engenheiros da Nokia para formar a equipe responsável por um novo SO. Essa plataforma seria criada do zero e teria como objetivo oferecer uma solução para o robozinho verde caso a Google começasse a dificultar as coisas para outras fabricantes. Uma proposta muito semelhante está sendo encabeçada pela Samsung com o Tizen, sistema operacional próprio da sul-coreana.

Emotion UI, a interface da Huawei baseada no Android

Começando aos poucos

A fabricante chinesa sabe, entretanto, de seu compromisso com o Android e a dependência que o mercado tem do robozinho verde. Portanto, para dar início ao seu plano de expansão para outros mercados além do asiático, a Huawei deve começar aos poucos com o lançamento desse novo sistema operacional. Isso é exatamente o que a Samsung está fazendo com a linha Samsung Z equipada com Tizen.

Para ir preparando os usuários, a Huawei está modificando aos poucos a sua versão customizada do Android. A interface, bastante semelhante ao iOS, deve servir de base – pelo menos no aspecto visual – para a criação desse novo sistema operacional. Abigail Brody, vice-presidente de design da Huawei e ex-designer da Apple, já trabalha no refinamento dessa versão, que pode até mesmo ganhar o Brasil se a expansão da Huawei der bem certo.

Cupons de desconto TecMundo: