(Fonte da imagem: Divulgação/HTC)

Um dos grandes recursos do HTC One (M8) anunciado hoje é a câmera dupla que integra o aparelho. Bem visíveis na parte traseira do aparelho, as duas câmeras trazem algumas possibilidades bem interessantes, mesmo contando com apenas 4 megapixels de resolução máxima.

Com as duas câmeras em conjunto, os consumidores devem poder tirar fotografias de diversos cenários com dois focos principais sendo utilizados. Ao contrário da tecnologia Lytro, o foco não é gerado por meio de diversas exposições diferentes do sensor. O que acontece no HTC é a geração de informações aos pixels que podem ser interpretadas depois da captura.

Os recursos do “UltraPixel” também promete melhores resultados para fotografias em ambientes de baixa luminosidade. Quanto à gravação de vídeos, a câmera do HTC One (M8) pode capturar os filmes em resoluções Full HD, tendo ainda a possibilidade de adicionar 12 filtros diferentes aos resultados, para que os seus clipes fiquem ainda mais interessantes.

Uma câmera de profundidade

Um dos grandes recursos das câmeras do HTC One (M8) é a lente secundária, que funciona como uma câmera de profundidade para as fotografias. Cada pixel recebe informações completas sobre a distância e as dimensões que serão preenchidas com cores. A velocidade com que as fotos podem ser tiradas também aumenta, graças à maior rapidez no foco automático.

(Fonte da imagem: Reprodução/Gizmodo)

A impressão de que temos é de que o aparelho pode fazer correções do foco na própria lente, mas a verdade é que isso acontece por causa das informações de profundidade do arquivo gerado após a captura. Para o Gizmodo, Symon Whitehorn (diretor de desenvolvimento de câmeras da HTC) disse: “Isso é mais adição de camadas, máscaras e profundidade do que correção do foco das imagens.”.

O que é um UltraPixel?

A grande diferença da tecnologia UltraPixel está no tamanho dos pixels que compõe as imagens capturadas. Nas câmeras do HTC One (M8), esses pixels são maiores e conseguem capturar mais luz do que os de outras concorrentes. Por essa razão, os resultados das fotografias de 4 MP são similares aos de resoluções maiores em outros smartphones.

Na geração anterior do HTC One, houve algumas reclamações em relação ao fato de as cores ficarem estouradas em muitos momentos, principalmente quando as imagens eram capturadas em ambientes fechados ou com luz natural. Agora, resta saber se a fabricante conseguiu resolver isso para que possamos apostar nossas fichas na câmera do novo smartphone.

Cupons de desconto TecMundo: