(Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Já faz algum tempo que a HP está pesquisando formas de colocar os memristores (clique aqui para saber mais sobre a tecnologia) em seus equipamentos. Os planos da empresa eram de colocar os memristores em prática já em 2013, mas algumas decisões estratégicas fizeram com que o prazo fosse adiado para 2014. Decepcionado, Stan Williams (diretor do grupo de pesquisas de memristores da HP), disse o seguinte:

“É triste dizer, mas ciência e tecnologia são a parte fácil. Economia, investimento e análise de mercado são difíceis. Nossa parceira, a Hynix, é a maior produtora de memória Flash, e os memristores vão canibalizar essa área dos negócios para devolver ao mercado uma memória Flash com um tipo diferente de tecnologia.”

Ele continua: “Então, o modo e o momento em que vamos introduzir os memristores passa a ser muito importante. Há muito mais dinheiro sendo investido para que possamos entender a modelar o mercado do que em qualquer pesquisa”. Isso deixa bem claro que ele não está feliz com o fato de a tecnologia só começar a ser empregada em 2014.

Fonte: The Verge

Cupons de desconto TecMundo: