Em um movimento que surpreendeu muita gente, a Hewlett Packard anunciou que está abandonando o desenvolvimento da plataforma móvel que adquiriu em 2010, quando comprou a Palm por 1,2 bilhões de dólares. O WebOS foi um dos maiores motivos da compra, pois a HP via nele um grande potencial de desenvolvimento. O primeiro tablet rodando o novo sistema, o HP TouchPad, foi lançado no mercado há seis semanas.

O anúncio foi feito pouco tempo após a HP ter anunciado (embora ainda de maneira informal) que está separando a divisão de PCs do restante da empresa. Da mesma forma, pouco antes do lançamento do TouchPad, a HP já havia anunciado que estava criando uma unidade exclusiva para o sistema webOS.

Acompanhando a notícia, a empresa ressaltou que vai continuar buscando opções para valorizar o WebOS, mas não irá dar suporte à utilização do sistema em tablets e smartphones.

A decisão pode estar pautada na baixa aceitação do sistema por parte dos usuários, uma vez que diversas empresas de varejo reportaram que não estavam conseguindo vender os dispositivos. Segundo o AllThingsD, a rede Best Buy estava com aproximadamente 225 mil unidades do TouchPad encalhadas em seus estoques. O aumento de uso da plataforma Android também pode ter exercido influência na tomada decisão.