Post recria os episódios da Segunda Grande Guerra. (Fonte da imagem: Reprodução/Youpix)

O professor de História Paulo Alexandre Filho recriou os principais episódios da Segunda Guerra Mundial em uma “postagem de Facebook”. O docente elaborou um emaranhado complexo de ações em ambiente virtual que ilustram de forma competente o que a política expansionista da Alemanha pode ter significado à época – se lida sob as lentes de hoje, é claro.

E nenhuma curtida, comentário, criação de grupo ou fotos ali existe em vão. A linguagem adotada pelas postagens é inspirada naturalmente na “melhor forma contemporânea do internetês” – o que deixa a publicação de fato didática. Ao dizer que o “III Reich comanda”, a Alemanha logo é alertada pelo Reino Unido: “Tô de olho nessa onda de vocês, mas se pensam que vou me estressar estão muito enganados!”, rebate a potência.

Um feed nada inocente

Todos os países são, por óbvio, perfis de Facebook – cada um deles cuidadosamente criados e conduzidos por Alexandre Filho. Apesar de longo, o post “Segunda Guerra Mundial” deixa pouquíssimos acontecimentos de fora do apanhado histórico – até mesmo Winston Churchill se pronuncia acerca da entrada do Reino Unido em um confronto bélico.

  • Clique aqui e confira cada episódio da publicação de Facebook.
  • Neste link, a imagem de toda a postagem pode ser consultada.

Curioso notar ainda a interação entre todos os personagens. Adolf Hitler, Philippe Pétain e “Stalin666”, por exemplo, são outras das figuras históricas que marcam presença na publicação. “Alemanha adicionou Itália e Japão ao grupo O Eixo” é também uma das nada inocentes atualizações.

(Fonte da imagem: Reprodução/Youpix)

Essa liga (O Eixo) fora composta pelas potências que deram início ao conflito e que se opunham então aos Aliados, grupo formado por EUA, Reino Unido e União Soviética – que admitiu, em um segundo momento, o Brasil como participante: “EUA adicionou Brasil ao grupo Os Aliados” é a mensagem mostrada lá pelas tantas da postagem.

O professor

A publicação de Paulo Alexandre Filho atingiu 12 mil compartilhamentos via redes sociais. Atualmente, porém, o blog do professor não disponibiliza mais a seus visitantes a imagem original da postagem. Paulo Filho recebeu vários convites para escrever livros de História neste mesmo formato (como atualizações de Facebook).

Paulo Alexandre Filho é mestre em História pela UFPE. (Fonte da imagem: Reprodução/HistoriaBlog)

Mas, por falta de tempo, o docente acabou recusando as ofertas. Este apanhado histórico foi feito por Filho em apenas um dia, numa tarde de um 1º de janeiro. “Um dia geralmente lento e sem opções de distrações”, diz o professor. Acesse o blog de Paulo Alexandre Filho aqui.

Cupons de desconto TecMundo: