Que tal se você pudesse dar vida a algo tão simples quanto uma folha de papel e poder controlá-la como faz com um robô? Um grupo de pesquisadores da China teria publicado, através do site Science Advances, um artigo de uma nova tecnologia que permitiria às pessoas fazerem praticamente isso – com a diferença de que, no lugar de usar papel comum, o grupo utilizou uma folha de óxido de grafeno.

A base da tecnologia é simples. Basicamente, lâminas desse material são capazes de dobrar em pontos específicos quando expostas à luz infravermelha. Utilizando-se disso, por sua vez, a equipe foi capaz de controlar os movimentos de uma folha de grafeno, fazendo-a se deslocar.

Pode parecer algo bastante limitado em comparação a tecnologias como a dos minirrobôs de origami, capazes de desempenhar tarefas ainda mais impressionantes. A diferença, porém, é que esses aparelhos funcionam com a ajuda de mecanismos ainda mais básicos e com muito mais potencial para as áreas de uso.

Isso permitiria a aplicação dessa tecnologia em todo tipo de sistema, indo de detectores de umidade, luz e campos elétricos até a criação de “músculos” para robôs, capazes de erguer várias vezes o seu próprio peso. Resta torcer que esse projeto saia do papel e acabe por gerar dispositivos como esses na vida real.

Os usos mais legais para o grafeno na tecnologia. Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: