Foi mostrado no ICRA (Conferência Internacional de Robótica e Automação, na sigla em inglês), no mês passado, um robô criado pelo MIT (Instituto de Tecnologia de Massachussets) que se dobra sozinho como um origami e faz diversas atividades.

O robô, que tem 1,7 cm de largura quando expandido e pesa 0,31 grama, é composto de um ímã e uma placa de PVC entre estruturas de poliestireno ou papel. Quando aplicado calor, o PVC se contrai e os cortes no material fazem com que o conjunto se dobre em um formato determinado.

O processo demora cerca de um minuto e, após esse tempo, a máquina fica pronta para começar a andar. Embaixo da área de operação do robô, há bobinas eletromagnéticas que operam em intervalos de 15 Hz (15 vezes por segundo). Isso faz vibrar o autômato e, devido a sua forma, ele começa a andar com velocidade entre 3 e 4 cm por segundo.

Com isso, os pesquisadores podem programar livremente a sua trajetória. Nas demonstrações, o robô andou em rotas pré-determinadas, empurrou e carregou objetos, subiu ladeiras e nadou. Por fim, ele é dirigido para um tanque de acetona onde é dissolvido, ficando só o ímã de neodímio intacto.

O próximo passo dos pesquisadores é colocar sensores para a máquina se dobrar sozinha e ganhar mais autonomia e versatilidade no futuro, inclusive para ser usada dentro de seres vivos.

Cupons de desconto TecMundo: