Ainda não confirmada oficialmente pela AMD, a placa de vídeo RX 490 fez três aparições rápidas na internet nesta quarta-feira (13). Além de aparecer no site oficial da companhia, também há uma referência à GPU em um slide de apresentação vazado — para completar, uma página da fabricante Sapphire também deu como certa a existência da placa.

O novo hardware deve ter como especialidade a reprodução de jogos em resolução 4K, contando com uma interface de memória maior que o sistema de 256 bits. Até o momento os detalhes sobre o produto são escassos, mas tudo indica que a interface de memória utilizada deve ser diferente das linhas RX 480 e RX 470, voltadas a games rodando a 1440p.

Até o momento, a AMD confirmou que todas as placas da linha Radeon 400 até a RX 480 são baseadas na configuração mais poderosa da GPU Polaris 10. Isso torna a RX 490 especialmente misteriosa, visto que teoricamente a companhia já apresentou seu hardware mais potente dentro dessa tecnologia.

Vega 10 ou várias GPUs Polaris 10?

Rumores indicam que a nova GPU pode usar a tecnologia Vega 10, sucessora da tecnologia Fiji que estava presente na R9 Fury X, na R9 Fury e na R9 Nano. Isso faz sentido quando levamos em consideração o fato de que há um mês a AMD estava comemorando um grande avanço nesse sentido.

Listagem que anunciava a existência da RX 490

Contrariando essas informações há o fato de que a fabricante afirmou que a nova solução só chega ao mercado em 2017, enquanto a RX 490 está listada para 2016. Assim, também há quem acredite que a placa deve reunir duas GPUs Polaris em um único chip, algo reforçado por uma listagem de componentes surgida pouco antes do anúncio das opções RX 460, RX 470 e RX 480.

Essa direção é semelhante à adotada pela companhia em 2008 no mercado de GPUs discretas e com a RV70 HD 4870x2, que competia com as opções de alto desempenho da NVIDIA. Embora nada esteja confirmado até o momento, fica a esperança de que a AMD revele o quanto antes os detalhes de sua placa especializada em games em 4K.

Cupons de desconto TecMundo: