O Google X, laboratório de projetos especiais da Alphabet, firmou um acordo com a NASA para operar drones comerciais sem a aprovação da FAA (Administração Federal de Aviação norte-americana). Chamada de Project Wing, a ideia é usar veículos não tripulados para criar uma rede de distribuição.

Essa parceria significa que os envolvidos no Wing podem voar por todo o espaço aéreo dos EUA — desde que os drones não sejam utilizados para fins comerciais. Além disso, a NASA vai cooperar com o Google X para dar corpo ao projeto.

De acordo com o The Guardian, os veículos não tripulados vão pesar menos de 25 quilos e conseguem alcançar uma velocidade de 160 km/h aos 120 metros de altura. A ideia de todo o teste também é entender como os pilotos podem se comunicar de maneira eficiente com os drones por meio de rede celular.

Para acompanhar a reportagem completa sobre o espaço aéreo norte-americano e o negócio com a NASA, clique aqui.

 Você acha que os drones podem revolucionar o sistema de distribuição de mercadorias? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: