Os carros sem motorista da Google são uma belíssima peça de engenharia e tecnologia. Entretanto, eles ainda estão longe de serem considerados completamente seguros, em especial quando um motorista humano faz uma manobra perigosa e imprevisível.

No último incidente divulgado pela gigante de Mountain View na Califórnia, Estados Unidos, um dos carros autônomos da companhia se envolveu em uma batida que acabou deixando algumas pessoas feridas. Esta não é a primeira vez que um acidente ocorre, mas as pessoas que se machucaram acabaram chamando mais a atenção para o caso.

Não foi culpa da Google

O fato é que Chris Urmson, diretor responsável pelo departamento de veículos autônomos, afirmou veemente que o acidente foi culpa do outro motorista, que estava distraído e colidiu na traseira do carro da Google. Por sorte, a colisão ocorreu apenas a 27 km/h.

Em um vídeo divulgado pelo canal Google Self-Driving Car Project, é possível ver uma imagem digital do incidente que foi gerada pelo próprio veículo. Urmson explica que, como os carros de teste percorrem aproximadamente 16 mil quilómetros a cada semana, pequenos incidentes são relativamente comuns e que eles ajudam a empresa a reunir cada vez mais informações valiosas sobre as variáveis que costumam levar a uma batida.

Cupons de desconto TecMundo: