O equipamento Chromebox for meetings, da Google, recebeu uma atualização. A segunda geração do equipamento para a realização de videoconferências foi apresentada nesta quarta-feira (24), quase um ano e meio depois do modelo original.

A nova Chromebox para videochamadas expande o número de pessoas que podem participar das conferências: até 20 usuários são capazes de realizar reuniões em tempo real "ao redor do mundo e sentindo que estão no mesmo lugar". A Google garante que empresas como Netflix e Foursquare testaram e aprovaram a nova tecnologia.

A segunda geração da Chromebox traz um hardware renovado com os mesmos equipamentos anteriores, mas aprimorados para garantir o maior número de pessoas, mais qualidade nas chamadas e a possibilidade de reuniões em salas maiores. O número de controles de gerenciamento também aumentou, permitindo maior personalização ao administrador.

Basicamente, o equipamento é composto de três tecnologias. Uma câmera PTZ (pan-tilt-zoom) conectada via USB com transmissão em Full HD (1080p) permite direcionamento remoto e controle de zoom. Os dois microfones e alto-falantes capturam conversas até em cômodos vastos. Já o suporte dual-screen permite que você conecte dois monitores à câmera e aos equipamentos de áudio, permitindo que participantes tenham "a mais rica experiência em videoconferência".

A segunda geração da Chromebox para conferências sai por US$ 1.999 (cerca de R$) nos Estados Unidos. O custo cobre também um ano de taxa de apoio e gerenciamento. O preço assusta, é verdade, mas é bem mais em conta que sistemas corporativos mais tradicionais.

Cupons de desconto TecMundo: