Depois do Chromecast do Google oferecer uma forma prática e rápida de transmitir conteúdo de um smartphone para televisões caseiras, a companhia está investindo em uma solução similar para que empresas possam realizar teleconferências. No caso, se trata do Google Chromebox, vendido nos Estados Unidos por US$ 999 (mais uma assinatura anual de US$ 250 a partir do segundo ano de uso).

O pacote, que aposta na praticidade e na solidez dos serviços do Google, contém uma webcam Logitech HD, um microfone Jabra e um controle remoto equipado com um teclado. Segundo uma entrevista ao site The Verge concedida por Caesar Sengupta, vice-presidente de desenvolvimento do produto, levam-se apenas alguns minutos para poder iniciar uma conferência após retirar o Chromebox da embalagem.

Para realizar as conferências, o equipamento usa os Hangouts do Google Plus, de modo que qualquer usuário do Gmail pode unir-se a conferência por meio de algum laptop, tablet ou smartphone com o apertar de um único botão após os organizadores da conferência a terem iniciado.

Uma vez que o Chromebox estiver conectado à internet (via cabo ethernet ou wi-fi), as reuniões já marcadas são sincronizadas automaticamente no Google Calendar para que ninguém se perca. Ao mesmo tempo, é possível adicionar usuários a qualquer momento apenas adicionando seu nome no terminal por meio do teclado do controle remoto.

O sistema também conta com recursos como lembretes para as próximas reuniões, destaques para quem está falando no momento e notificações para membros da reunião que estejam com o microfone mudo por algum motivo (evitando possíveis constrangimentos).

Enquanto o Chromebox foi lançado nos Estados Unidos pelo Google nesta quinta-feira (06), a companhia revelou que tem planos para levar o serviço para outros países nos próximos meses, sendo que Austráia, Canadá, França, Japão, Espanha, Reino Unido e Nova Zelândia foram confirmados como os próximos a receber o Chromebox ainda neste ano.  

Cupons de desconto TecMundo: