Em março deste ano, a Google confirmou que possui planos de entrar no mercado das operadoras de telefonia móvel. Ainda não se trata de uma operadora totalmente autônoma e completa, mas sim de uma MVNO (Mobile Virtual Network Operator), que utiliza outras empresas para realizar a distribuição de seu sinal — que deve ser limitado aos pacotes de dados, sem planos de voz. Nos Estados Unidos, isso será feito pela Sprint e pela T-Mobile.

De acordo com o The Wall Street Journal, o início das operações pode ser anunciado ainda nesta quarta-feira (22 de abril), ficando disponível para todos os consumidores norte-americanos que possuem aparelhos Nexus 6. A grande diferença da rede da Google em relação a outras está no fato de que os pacotes de dados são cobrados de acordo com o gasto — sem compromisso com pacotes fechados ou pré-pagos.

Ainda não se sabe quais serão os preços cobrados pela Google para os serviços oferecidos, mas estima-se que tudo isso seja respondido em breve. Também não se sabe ainda se outros aparelhos serão atendidos pela operadora ou se ela permanecerá exclusiva para o Nexus 6. Agora é só esperar para saber os detalhes, mas vale dizer que são bem pequenas as chances de que isso saia dos Estados Unidos algum dia.

Cupons de desconto TecMundo: