Durante sua aparição no Mobile World Congress 2015, Sundar Pichai, da Google, confirmou as intenção da empresa de virar uma espécie de operadora mobile “nos próximos meses”. Segundo ele, a companhia já trabalha com algumas parceiras — provavelmente a Sprint e a T-Mobile — para virar uma operadora virtual no sistema MVNO.

Entre as operadoras com as quais a Google já conversou está a Verizon Wireless e a AT&T, principais nomes da área nos Estados Unidos. Segundo Pichai, a Google não pretende se tornar um grande nome do setor, tampouco tem a intenção de mexer com a base de preços exercida por empresas já estabelecidas.

A intenção da companhia é criar uma ligação integrada entre redes celulares e conexões WiFi, acabando com dores de cabeça relacionadas a chamadas perdidas, por exemplo. “Estamos tentando mostrar inovações, como ligações que se reconectam automaticamente caso um dos lados caia”, explicou Pichai. “É esse tipo de ideia que estamos perseguindo com esse projeto”, complementou.

“Acredito que estamos em uma fase em que precisamos pensar no hardware, software e na conectividade de maneira conjunta”, afirmou o executivo. A expectativa é a de que os primeiros resultados da iniciativa comecem a ser sentidos pelos consumidores nos próximos meses — mais detalhes sobre os planos da Google devem ser revelados durante a conferência I/O, programada para maio deste ano.

Cupons de desconto TecMundo: