No ano passado, a Google aumentou suas receitas em 19%, mas os gastos também cresceram para 23,4%, o que acabou alarmando alguns analistas. De olho nos números, a gigante da tecnologia acabou de fazer uma nova contratação e colocou Ruth Porat para trabalhar como vice-presidente de finanças.

A executiva atuava anteriormente como vice-presidente de finanças no banco estadunidense Morgan Stanley, lugar em que ela ajudou a reduzir as despesas de forma significativa e aplicou vários programas de corte de custos.

A contração foi vista pelo mercado como um sinal de que a Google, apesar de estar gastando muito dinheiro com projetos audaciosos, como carros autônomos e robôs inteligentes, está preocupada com seus números e quer otimizar seus processos para melhorar seus próximos balanços.

Além de um bônus de US$ 5 milhões (R$ 16,03 milhões), Ruth receberá um salário de US$ 650 mil (R$ 2 milhões), demonstrando que a analista financeira sabe o que faz e que a Google está realmente disposta a pagar pelos seus conhecimentos.

Cupons de desconto TecMundo: