A Google já investiu em tudo o que você pode imaginar: internet com balões, carros autônomos, sistema operacional, buscadores etc. Contudo, parece que o foco de um dos braços da companhia quer aplicar o dinheiro na medicina, com foco na extensão da vida humana e, talvez, na imortalidade.

“Se você me perguntar hoje se é possível viver até os 500 anos, eu direi que sim”, disse o presidente da Google Ventures, Bill Maris. Enquanto misturar tecnologia com biologia pode ser tanto um ideal quanto um medo para as pessoas, para Maris são negócios. O presidente tem a quantia de quase US$ 500 milhões para aplicar em startups e empresas com propostas interessantes.

Mas, afinal, por que a Google investe nessas coisas?

A Google Ventures investe em todo tipo de novas tecnologias, visando qualquer potencial, tendência de mercado ou projetos que vão se destacar no mundo. O objetivo deste braço da Google não é bem lucrar, e sim acompanhar as novidades. Em outras palavras, o que quer que o futuro tenha a oferecer, a Google quer estar nele.

O Google Glass e os veículos autônomos são apenas uns dos exemplos em que a companhia quis se adiantar. Outros projetos ainda estão em foco, como a pílula que insere nanopartículas na corrente sanguínea para detectar o câncer e o Calico, um centro pesquisa que tem como objetivo reverter o processo de envelhecimento.

Bill Maris explica que algo como o seu iPhone 6 que utiliza diariamente não era possível há cinco anos, e há 20 anos seria um papo de louco tentar explicar o que é um smartphone. Com base nisso, a empresa deseja aplicar o dinheiro no ramo médico e farmacêutico, para que em algumas décadas o resultado seja o prolongamento da vida humana – ou, quem sabe, a imortalidade.

Em busca das empresas certas

Como você deve imaginar, não é em qualquer canto que encontramos empresas que pesquisem sobre a genética humana. Com muito estudo e seleção, a Google decidiu apostar na Foundation, empresa na qual trabalha Eric Lander, o geneticista chefe da equipe que mapeou o genoma humano em 2003.

Além do investimento em outras companhias, Maris busca por cientistas que queiram fazer parcerias com a Google. Será que em alguns anos poderemos estender a nossa vida graças aos investimentos da empresa?

Cupons de desconto TecMundo: