Já se imaginava que, com o fim do Google News na Espanha, a audiência dos sites espanhóis de notícias iria cair. O problema era o tamanho do tombo. Pois bem, o primeiro dia depois do fim do serviço indicou uma queda entre 10% e 15% no tráfego externo.

A medição foi feita pela firma de análise de web Chartbeat, com base em 50 sites de notícias da Espanha. Mas, enquanto o tráfego externo caiu, a movimentação interna aumentou. Para a companhia, isso sugere que os leitores estão transitando mais entre as diversas páginas de atualidades.

O Google News fechou no país das touradas devido a uma lei de direitos autorais que cobrará, a partir de 2015, pela utilização do conteúdo dos sites de notícias, mesmo que sejam trechos pequenos. A Google afirmou que não ganhava nada pelo serviço (não havia propagandas nele) e por isso não poderia arcar com essa despesa.

Depois de trabalhar para aprovar a lei, a associação de editores de jornais está pressionando o governo para obrigar a Google a reabrir o serviço, e assim poder cobrar do Gigante das Buscas. A companhia já travou batalhas semelhantes na Alemanha, mas saiu vitoriosa quando as editoras pediram para aparecer novamente no Google News.

Cupons de desconto TecMundo: