Depois de muita negociação, a Google e a NASA finalmente anunciaram um acordo bem interessante para o futuro das pesquisas aeroespaciais. Pelos próximos 60 anos, a divisão Planetary Ventures da Google irá gerenciar o complexo Moffet Federal Airfield, que envolve um total de três hangares e duas pistas completas de pousos e decolagens — além de um campo de golfe.

Por ano, a Google irá pagar US$ 6,3 milhões — resultando em US$ 1,16 bilhão no final do processo, sendo que esse valor ainda será reajustado de acordo com a inflação. Além disso, a Google também irá investir US$ 200 milhões para restaurar algumas das estruturas presentes no lugar e também para criar um centro educacional para mostrar a importância que o Moffet Federal Airfield já teve no Vale do Silício.

A Google ainda não deixou claro quais são os grandes planos que possui para o local, mas já circulam algumas especulações na imprensa internacional. Além de o campo ser utilizado para pousos e decolagens de aviões privativos, também são grandes as chances de o local ser palco para testes relacionados a novas formas de distribuição de internet, incluindo os famosos balões do Project Loon.

Também há alguns rumores de que a empresa de Mountain View pode aproveitar o Moffet Federal Airfield para testar drones e outros equipamentos robóticos, uma vez que são cada vez mais claros os investimentos da companhia neste setor. Para termos certeza de tudo o que vai acontecer por lá, precisamos esperar algum tempo até que a própria Google se manifeste. Você faria alguma aposta?

Cupons de desconto TecMundo: