Google Chrome poderá prover tudo o que você precisa na web

Você se acostumou na web a acessar uma rede social por meio do seu navegador, correto? Não a importa a sua escolha: Firefox, Opera, Internet Explorer ou Chrome, todos eles podem acessar igualmente as informações e sua rede social favorita. Mas e se não fosse assim?

Uma tendência que está se formando pode fazer com que a grande rede aponte para dois caminhos e você seja obrigado e decidir por apenas um deles. O Google decidiu incorporar o conceito de rede social e levá-lo diretamente à fonte: o browser.

A empresa deve lançar até o final do ano a sua loja de aplicativos para o navegador. A promessa é a de oferecer milhares de extensões indispensáveis para o usuário. Com isso, você passará mais tempo em contato com uma ferramenta do Google, mas conectado a diversas outras pessoas à distância de apenas um clique.

Já a rede social Facebook decidiu ampliar também os seus horizontes. Em vez de manter “apenas” as páginas daquele que é o maior site de relacionamentos do mundo, rumores dão conta do anúncio iminente do Facebook Phone. Trata-se de uma inversão completa de valores, com o software passando a ser a plataforma, e vice-versa.

Facebook Phone poderá agregar ainda mais serviços à rede social

Impacto

Não se sabe ao certo como isso vai funcionar e qual será aceitação de cada um dos produtos. A grande verdade é que independente de sua escolha, você ficará atrelado mais tempo a uma única opção. A ideia de convergência de mídias nunca esteve tão presente.

Essa apropriação de todos os espaços, que à primeira vista soa revolucionária, já está em prática e estamos caminhando a passos largos para concluí-la. Repare na Barra de endereços do seu navegador. Para muitos usuários, tudo o que está presente ali é da Google. Busca, rede social, tradutor, email, mensageiro e uma série de outros serviços ficam ao seu alcance com apenas um clique.

Da mesma forma, dentro do Facebook, para muitos não há motivos para sair dali. Você pode conversar com seus amigos, jogar video game, assistir a canais de TV online, tudo isso sem sair do site. Basta que para isso você disponha de uma plataforma de acesso que, hoje, está nas mãos de outras empresas, mas que bem pode mudar muito em breve.

Apple no mesmo rumo

A Apple, que conseguiu centralizar os acessos de seus usuários graças ao iTunes, também começa a dar os primeiros passos quando o assunto é rede social. A última versão do aplicativo inclui algumas funções que permitem saber quem está online e o que está ouvindo.

Se a tendência se confirmar, poderemos ter em breve algumas poucas grandes redes, com todos os serviços possíveis, reunindo a maioria dos usuários da web. Os produtos devem seguir o mesmo caminho. Antes da compra o consumidor poderá definir em qual dos “times” pretende jogar.

.....

Qual tendência você imagina para os gigantes da internet nos próximos anos? Você utilizaria apenas um serviço mesmo que isso significasse ter que abrir mão de outros? Deixe a sua opinião nos comentários.

Cupons de desconto TecMundo: