A Google confirmou nesta terça-feira (1º) a aquisição do Songza, um serviço de streaming de músicas. Anteriormente, a companhia já havia demonstrado querer comprá-lo por cerca de US$ 15 milhões, mas, devido ao interesse de outras empresas, estima-se que o valor para a concretização do negócio seja bem superior. 

Após a Apple ter acertado a compra da Beats, a Google deve entrar na competição com o Spotify, Pandora, Rdio e outros serviços de música online. A companhia declarou que pretende implementar alguns recursos do Songza em seu serviço de música – Google Play Music. O Songza conta com cerca de 5,5 milhões de usuários ativos, porém, o número de assinantes ainda é desconhecido, já que os responsáveis ainda guardam a informação. Você pode baixá-lo gratuitamente ou pagar uma taxa semanal para ter direito a todos os recursos.

No anúncio oficial divulgado pela Google, a companhia afirma que o Songza “construiu um grande serviço para oferecer a música certa no momento certo”. Para não prejudicar os já usuários, ele continuará funcionando normalmente. De acordo com um representante do Songza, “nenhuma alteração imediata será feita – nada além de deixá-lo mais rápido, mais inteligente e mais divertido de usar”.

Um dos principais diferenciais do serviço é que você pode optar por playlists montadas de acordo com as suas atividades diárias. Se você estiver na academia em um ritmo intenso, por exemplo, a música sugerida certamente será diferente daquela que vai ser oferecida antes de você dormir.

O escritório dos funcionários do Songza é localizado na região de Long Island, em Nova York, e é lá que seus criadores devem permanecer – pelo menos por enquanto. 

Cupons de desconto TecMundo: