Alguns podem ter dado risada quando o Google X anunciou o Project Loon — um ambicioso experimento criado para dar a acesso à internet às áreas rurais através de um balão —, mas um ano depois, o laboratório talvez tenha provado que isso pode funcionar.

Desde o anúncio do projeto em junho de 2013, a companhia fez grandes avanços com a velocidade e conectividade do balão. Aparentemente, os últimos pontos flutuantes da Google ganharam conexão LTE, acabando com as limitações de alcance do WiFi planejado no projeto inicial.

Esse novo padrão oferece uma velocidade melhor também — cerca de 22 MBps para antenas e 5 MBps para celulares. Mais importante que isso, os balões estão ficando em altitudes muito maiores: no início deste ano, um dos balões deu a volta ao mundo três vezes antes de descer ao chão e outro ainda está flutuando por mais de 100 dias — e ainda está rodando por aí.

Cai, cai, balão

A Google explicou alguns métodos que empregou para aperfeiçoar o desempenho do balão, e algumas delas são relativamente simples. Muitos dos balões, por exemplo, são fabricados em   - 40° C, correspondendo às condições que podem enfrentar, eventualmente, aos 18 km de altitude .  

O time também descobriu formas de lidar com os sacos de ar mais cuidadosamente, minimizando a quantidade de buracos e vazamentos que pudessem sabotar o voo do objeto. Como efeito colateral, essas “naves” maiores e mais duradouras deram ao grupo mais problemas para solucionar — uma vez que ficam no ar tanto tempo, a Google tem tido dificuldade de prever e controlar seu trajeto e data de pouso.

Progresso animador

Testes preliminares realizados no Brasil renderam resultados bem promissores e o time por trás do projeto planeja gastar o próximo ano trabalhando nesses resultados. Pelos próximos vinte meses, a Google deseja fazer vários voos com a expectativa de que durem mais de 100 dias, lançando uma média de 300 a 400 balões que possam continuar oferecendo o serviço para áreas específicas

Esse é um objetivo bastante ambicioso, mas o Dr. Astro Teller do Google X está confiante que seu time consiga alcançá-lo. “No aniversário de dois anos do Project Loon, eu esperaria, em vez de ficar realizando experimentos, que nós já tivéssemos um conjunto de balões mais ou menos permanentes”, disse ele, em entrevista. “E, sim, o Loon é um serviço que será ofertado”.

Cupons de desconto TecMundo: