(Fonte da imagem: Reprodução/Google Apps for Education)

Google Apps for Education pode até ser um aplicativo novo para a Google, mas em seus poucos meses o software se tornou alvo de muitas reclamações do público; tudo porque a empresa admitiu que, no lugar de colocar propagandas, ela estava rastreando as informações de quem utilizava o serviço.

Depois de ser duramente criticada em um caso de justiça por esse tipo de ação, no entanto, a Google tomou a decisão de abandonar por completo a prática – ao menos no Apps for Education, por enquanto, segundo o site The Wall Street Journal. A informação veio de Bram Bout, diretor do serviço, que afirmou que a empresa não mais irá escanear o Gmail da ferramenta, nem coletar dados para propósitos de enviar propagandas.

Bout também afirmou que esta é apenas parte das mudanças que a Google está fazendo: em breve, seus serviços focados em empresas e no governo devem passar por alterações similares. Uma data para isso, porém, infelizmente não foi revelada.

Cupons de desconto TecMundo: