Google estaria pagando para não ter propagandas bloqueadas (Fonte da imagem: Reprodução/Adblock Plus)

A Google poderia estar pagando aos desenvolvedores do Adblock Plus para que as suas propagandas não sejam bloqueadas.

As informações partiram do site de notícias Horizont.

Segundo a publicação, além da gigante da internet, diversas outras companhias estariam pagando à Eyeo, empresa por trás do desenvolvimento do programa, uma quantia substancial para serem incluídas em “listas brancas”.

Nessas relações, entrariam somente páginas que fazem um trabalho de publicidade não intrusivo, ou seja, não incomodam a pessoa enquanto ela navega na internet. Isso, contudo, estaria sendo estendido agora às empresas maiores, como a própria Google.

O Adblock Plus é uma das extensões mais populares quando o assunto é bloquear propagandas online. Além do programa para Windows, o complemento também está disponível para o Mozilla Firefox e para o Google Chrome.

Os desenvolvedores trazem no site do programa algumas informações sobre a cobrança para a entrada de empresas na “lista branca”. Segundo eles, o aplicativo tomou proporções grandes, de forma que é preciso dinheiro para custear o projeto, que não pode ser mantido somente por voluntários.

Cupons de desconto TecMundo: