10 produtos da Google que serão esquecidos com o tempo

 

Muitos sites e aplicativos permitem já há algum tempo que você se cadastre e use os seus respectivos serviços utilizando, para isso, as informações de login da sua conta do Facebook ou do Twitter. Isso, em vários casos, é uma verdadeira mão na roda, afinal de contas você não precisa ficar perdendo tempo ao criar novos cadastros.

Vendo que a ideia veio para ficar, a Google tenta agora correr atrás do prejuízo. A companhia anunciou hoje por meio do blog de desenvolvedores do Plus que, a partir de hoje, a gigante de Mountain View também contará com uma ferramenta do tipo.

Agora, será possível utilizar a sua conta Google para realizar login em outros serviços que não são desenvolvidos pela empresa, sejam sites, serviços para web ou mesmo programas móveis desenvolvidos para Android ou iOS.

Apesar de o recurso surgir como uma ferramenta vinda do Google Plus, se você tiver um cadastro em qualquer outro serviço da empresa, como o Gmail ou o YouTube, por exemplo, também  poderá utilizá-lo sem problemas.

Menos chato e com mais privacidade

Um grande chamariz da nova ferramenta seria o fato de que, ao contrário de algumas aplicações que utilizam a sua conta do Facebook, por exemplo, aqui você poderá configurar diretrizes de privacidade, escolhendo quem vai ver as atualizações de tal serviço em sua página no Google Plus e quais notificações deseja receber.

Verdadeira identidade virtual

Quem usa os serviços da Google com frequência já percebeu que a companhia vem tentando aproximar os perfis virtuais das pessoas com a sua personalidade real. Recentemente, comentários no YouTube e nos aplicativos do Google Play, por exemplo, passaram a ser assinados pelos perfis com foto e nome completo dos usuários.

O recurso funciona da mesma forma que os concorrentes (Fonte da imagem: Reprodução/Fitbit)

Esse novo movimento da companhia não visa somente trazer mais ação para a sua rede social, o Google Plus. A ideia parece ser unificar cada vez mais os serviços que você utiliza no seu dia a dia em uma única conta. Se a empresa conseguir fazer isso, terá movimentação não só em sua base de dados do Plus, com cerca de 135 milhões de cadastros, mas sim em diversos outros produtos.

Com isso, a Google só tem a ganhar, seja angariando ainda mais usuários ativos para seus diversos serviços, como o Gmail ou a sua agenda — o Calendar —, e terá cada vez mais informações sobre as pessoas – algo fundamental para a sua principal fonte de renda: a publicidade.

Cupons de desconto TecMundo: