Já faz quase um ano que a Google anunciou a compra da Motorola Mobility pelo valor nada modesto de US$ 12,4 bilhões. Mas desde que as negociações começaram, nunca haviam sido revelados os reais motivos para todo aquele dinheiro envolvido. É claro que isso pode dar muito mais força para o Android, mas ainda assim é preciso saber quais são os fatores principais que despertaram o interesse da Google.

E, por fim, foram revelados os valores envolvidos. Para começar, a Motorola possuía um portfólio de patentes avaliado em US$ 5,5 bilhões. Isso deve ser somado a US$ 2,9 bilhões que a empresa já tinha em caixa, US$ 730 milhões em relacionamentos com consumidores, US$ 670 milhões em ativos e US$ 2,6 bilhões em um “gesto de boa vontade”, como relatou o The Wall Street Journal.

A mesma fonte ainda diz que esse “gesto de boa vontade” foi explicado pela Google. Ele é “primeiramente atribuído à sinergia esperada para o período pós-aquisição”. Afinal, toda mudança gera alguns desconfortos nas grandes empresas, e mostrar que muito investimento pode ser realizado seria uma boa forma de amenizar esse problema.

Fonte: The Wall Street Journal

Cupons de desconto TecMundo: