Em setembro, surgiram rumores de que a Yahoo! estaria à venda. Nesse mesmo período, o desligamento da sua então CEO, Carol Bartz, deu mais força aos boatos de que a empresa realmente estaria aberta a propostas de compra. Duas semanas depois da demissão da executiva, a primeira empresa a manifestar algum interesse em adquirir a Yahoo! foi a Microsoft.

(Fonte da imagem: Divulgação/Yahoo!)

Agora, segundo especulações divulgadas pelo site IDG Now, a Google também estaria entrando na briga pela aquisição da Yahoo!, que não consegue crescer no mesmo ritmo que a gigante de Mountain View e o Facebook – chegando a trocar três vezes de CEO nos últimos quatro anos.

Para tentar alavancar seu crescimento, a empresa estaria procurando estabelecer parcerias (uma delas com a Google). Apesar de toda essa confusão administrativa, o mercado parece acreditar na Yahoo!, pois suas ações tiveram seu valor aumentado quase 25% desde que Bartz foi afastada. Para especialistas da área, isso pode ser mais um sinal de que a empresa estaria sendo comprada.

Embora a mídia afirme a presença de sérios problemas internos, Ross Levinsohn, vice-presidente da organização na América, afirma que a Yahoo! vai muito bem. De acordo com o executivo, os portais e a plataforma de publicidade da marca ainda têm um alcance massivo – principalmente pela geração de conteúdo em vídeo de forma profissional e exclusiva.

Cupons de desconto TecMundo: