A decisão do Reino Unido de sair em definitivo da União Europeia não parece ter feito a Google mudar seus planos de transformar o local em um verdadeiro quartel-general para a Europa. Prova disso é que a nova sede da empresa em Londres é um projeto massivo e que deve abrigar cerca de 7 mil funcionários da região.

Estamos falando de um prédio de 11 andares que deve se tornar o coração de um novo campus da marca no país e ter as suas obras iniciadas em algum ponto de 2018. Para garantir espaço de sobra para pessoas, escritórios, centros de atividades diversas e laboratórios, o edifício vai cobrir uma área aproximada de 92 mil metros quadrados.

Visual externo

Embora o preço da construção não seja conhecido no momento – já que a Gigante das Buscas preferiu esconder essa informação do seu material de divulgação –, é possível calcular por cima os valores dessa empreitada. Como a capital inglesa tem um custo de vida altíssimo e possui um dos metros quadrados mais caros do mundo, já dá para saber de antemão que a brincadeira não deve sair nada barata.

Só o terreno deve custar 837 milhões de libras

Com base nos dados obtidos pelo The Guardian, o site The Next Web calculou que apenas o terreno reservado pela Google no bairro de Camden deve custar algo em torno de 837 milhões de libras – pouco menos de R$ 3,5 bilhões. Sim, isso leva em conta apenas o espaço para a construção, deixando de lado materiais, instalações e mão de obra – itens que devem elevar consideravelmente a conta do projeto.

Detalhes do projeto interno

Localização perfeita

Todo esse investimento, no entanto, mostra que a empresa está bem séria em sua decisão de levar adiante a nova sede. O local escolhido para o campus, por exemplo, fica a poucos minutos de uma das principais estações de trem do local – ligando Londres a cidades importantes, como Manchester, Liverpool, Glasgow e Birmingham – e tem uma vizinhança bem característica, repleta de vida e cheia de pequenos comércios locais.

Projeção do entorno do prédio

Resta saber o quanto a entrada da Google na vizinhança vai modificar o dia a dia dos londrinos na região. E aí, você gostaria de ser um dos 7 mil “habitantes” desse novo quartel-general? Deixe a sua opinião mais abaixo e diga como seria o seu local de trabalho ideal.

Cupons de desconto TecMundo: