Hoje não é o dia que a internet que tanto amamos sopra velinhas, mas 17 de maio é considerado o Dia Mundial da Internet. Aproveitando a comemoração, a Google Brasil resolveu unir diversão e informação em uma série de vídeos.

Em cinco clipes, a empresa ensina de forma bem simples e didática a respeito de uma série de temas relacionados com segurança. As dicas são parte da campanha #WebSemRiscos, que ajuda a promover uma navegação livre de golpes e crimes. Confira logo abaixo cada um dos vídeos, que estão publicados no canal da Google Brasil no YouTube.

Origem da data

Em inglês, o nosso Dia Mundial da Internet é originalmente conhecido como World Information Society Day (Dia Mundial da Sociedade da Informação). A data atual foi definida em uma Assembleia Geral da ONU, em 2005, para aumentar a visibilidade às mudanças trazidas pela internet e outras novas tecnologias. A ideia é também usar o dia para discutir e ampliar a inclusão digital.

O nome original é World Information Society Day

Antes, 17 de maio era o Dia das Telecomunicações, mas o avanço em equipamentos e tecnologia levou à alteração do nome, que se adequou mais a um conceito moderno. Originalmente, a data foi escolhida porque, em 1865, foi nesse mesmo dia a fundação da União Internacional de Telecomunicações (UIT).

1. Família acima de tudo

No primeiro vídeo, a Google traz dicas para que crianças não tenham acesso a conteúdos indesejáveis, a partir de filtros como o SafeSearch e perfis personalizados para navegação.

2. A engenharia do crime

A ideia é mostrar como funciona e como evitar a engenharia social, que criminosos utilizam para tentar convencer você a fazer cliques e downloads ou a fornecer informações para algum tipo de golpe.

3. Celular como garantia

Um jeito mais seguro de você acessar serviços na internet é pela verificação em duas etapas: além da senha, um código enviado ao seu celular precisa ser digitado.

4. Para os esquecidos

Quem perdeu a senha ou se esqueceu da palavra-passe pode usar um email alternativo ou o telefone para recuperar o acesso à conta.

5. Será que é malware?

A Google também ensina você a identificar a presença de malwares na máquina a partir de pistas de fácil reconhecimento.

Quais medidas de segurança você toma na internet? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: