Para ajudar no monitoramento de determinadas regiões e mostrar os efeitos das mudanças climáticas, o Google se uniu a um grande número de organizações para fotografar várias áreas em 360° com a câmera Trekker.

Através do Google Street View, você pode realizar pequenos tours em alguns locais isolados, como o habitat de Mantioba (região dos ursos polares no Canadá), regiões da floresta amazônica e parques naturais da Califórnia.

Você já pode conferir pela tela do computador áreas que sofrem com o impacto direto da mudança climática. Líderes do mundo todo se reúnem nesta semana em Paris na COP21 para discutir as mudanças climáticas do mundo, e por isso os tours do Google Street View foram liberados (alguns deles já estavam disponibilizados desde o ano passado).

A Polar Bear International utilizou a câmera do Google para monitorar a quantidade cada vez menor de gelo do mar de que os ursos polares dependem para viajar a cada ano na região das tundras, como você pode conferir aqui. Você também pode se aventurar por essa região e conhecer mais sobre a organização de proteção aos ursos polares ao clicar aqui.

Para ir à Califórnia conferir as áreas que afetadas pela mudança climática – principalmente a população de carvalhos –, clique aqui. Por último, podemos conhecer a mata fechada da Amazônia e até mesmo passar sobre alguns de seus rios. Esses registros do Google Street View são um modo de aproximar as pessoas, especialmente no caso do gelo no ártico, de regiões que elas dificilmente visitariam para compreender os efeitos da mudança climática. 

O que você acha desses tours virtuais? Comente no Fórum do TecMundo.

Cupons de desconto TecMundo: