(Fonte da imagem: Reprodução/Inside Search)

De acordo com o Inside Search, o blog oficial do Google, a partir de agora os internautas chineses saberão quando os termos digitados no buscador possivelmente os encaminharão para páginas bloqueadas. Aparentemente, o firewall dos servidores de internet da China não está programado para aceitar pesquisas com alguns caracteres bem comuns, como 江 (rio) e 周 (semana) – muito usados em sobrenomes por lá.

Buscas feitas com esses termos acabam caindo em páginas com avisos do tipo "esta página não está disponível" e "a conexão foi redefinida". Além disso, a pessoa tem a sua conexão bloqueada por um minuto ou mais – como você pode observar no vídeo abaixo.

Para ajudar os internautas chineses a identificar esses casos, a gigante de Moutain View implementou um sistema de notificação. Quando a pessoa digita uma das palavras da lista negra do firewall, o buscador exibe uma caixa de diálogo informando que aquele termo pode interromper a conexão com a internet e que essa pausa está fora do controle do Google.

Fonte: Inside Search

Cupons de desconto TecMundo: