Não é novidade para ninguém que o motor de buscas da Google é absurdamente complexo e roda em uma quantidade inumana de linhas de código. Há uma série de variáveis calculadas sempre que você faz uma busca, além de milhares de elementos responsáveis por ordenar os resultados antes de colocá-los na sua tela. Mas você sabia que todos os serviços web da Google têm juntos 5 mil vezes mais código que o software do primeiro Ônibus Espacial da NASA?

Isso quer dizer que é mais complicado achar uma coisa na web do que mandar pessoas para o espaço? Não necessariamente. Isso acontece porque a Google tem ao longo dos anos aperfeiçoado seus serviços web com milhares de pequenos recursos que ficam praticamente invisíveis para o usuário final, que só aproveita os resultados. No caso de um lançamento espacial, a grande preocupação é mais a engenharia do próprio ônibus do que o seu software.

Mesmo assim, o pessoal do Business Insider resolveu fazer uma comparação da quantidade de código usada pela Google em todos os seus serviços online — como Gmail, Search, Fotos e até o Chrome — com vários outros sistemas icônicos.

Note nos gráficos que são mais de 2 bilhões de linhas de códigos feitas pela Google em todos os seus serviços online, e isso não conta sistemas operacionais, como Android e Chrome OS. Outro meio de comparação interessante é que o navegador web da empresa: o Chrome, tem 135 vezes mais linhas de código do que a média de um app para iOS

Cupons de desconto TecMundo: