Um dos aparelhos com Android mais elogiados de 2016 tem sido também um dos que mais tem dado trabalho ao serviço de atendimento ao consumidor da Google. É o Pixel, que acumula cada vez mais reclamações a respeito de problemas com os microfones do dispositivo.

As postagens nas comunidades da Google se acumularam ao ponto de a empresa finalmente se pronunciar — e, embora a resposta não seja exatamente satisfatória, pelo menos é uma confirmação de que o problema é real. Segundo o representante da fabricante, Brian Rakowski, um defeito no hardware é o culpado pelo problema e a companhia vai garantir que isso não volte a acontecer.

Quem tem um aparelho com esse defeito deve entrar em contato com a loja e acionar a garantia. Porém, a Google não indicou que vai trocar todos os dispositivos, o que pode significar que o conserto ou não vai depender da revendedora (e de um pouco de sorte).

O que acontecia?

As reclamações eram bastante parecidas. Do nada, os microfones do Google Pixel simplesmente apresentavam defeito ou paravam de funcionar completamente. Isso complicava não só as chamadas telefônicas ou envio de mensagens de voz, mas também a captação de áudio em gravações de vídeo, por exemplo.

Essa não é a primeira vez que problemas de hardware do Pixel relacionados a áudio viram notícia

"É possível que algumas unidades repostas não tenham sido testadas corretamente antes de compreendermos esse problema, mas esse não é mais o caso", explicou. Rakowski ainda garantiu que modelos fabricados em 2017 não devem mais apresentar esse problema e só menos de 1% dos dispositivos feitos no ano passado foram afetados.

Essa não é a primeira vez que problemas de hardware do Pixel relacionados a áudio viram notícia. No começo do ano, diversos relatos de estática na saída de som também trouxeram dor de cabeça à fabricante.

Cupons de desconto TecMundo: