Depois de muitos vazamentos, incluindo fotos e configurações de hardware, o Google finalmente revelou, nesta terça-feira (4), o Pixel e o Pixel XL, novos celulares da companhia cujos detalhes você pode conferir aqui no TecMundo. Com isso, a empresa confirmou que não tem mais planos para lançar produtos da linha Nexus, que anualmente abrigava os aparelhos feitos pela Google em parceria com outras fabricantes.

Desde o lançamento do primeiro Nexus, a linha servia como modelo para a empresa mostrar o que esperava dos celulares equipados com o Android. Diferentemente de quase todos os celulares presentes no mercado, os usuários de um Nexus sempre tiveram a vantagem de receber atualizações do sistema operacional no momento em que elas são lançadas, já que o software era distribuído pela própria Google.

A empresa confirmou que não tem mais planos para lançar produtos da linha Nexus

Entretanto, os aparelhos nunca foram um grande sucesso de vendas. No Brasil, poucos produtos foram lançados com a marca, quase sempre com atraso e um preço bem acima do praticado nos Estados Unidos. O primeiro a ser lançado por aqui foi o Galaxy X, em 2012, que era fabricado pela Samsung e, por questões de direitos de marca, nem chegou a receber o nome Nexus em terras brasileiras.

Apesar disso, a linha Pixel parece seguir os mesmos passos da sua antecessora, oferecendo uma experiência pura do Android, sem modificações de software feitas pelas fabricantes, e atualizações controladas pela Google. Resta saber se a mudança de posicionamento vai conseguir colocar os aparelhos nas mãos de mais usuários.

Cupons de desconto TecMundo: