Uma boa notícia promete turbinar o Google Now. Aparna Chennapragada, diretor de produto do serviço, revelou durante a SXSW no domingo que uma API aberta será disponibilizada em breve para que todos os desenvolvedores possam trabalhar de forma a integrar seus aplicativos com o recurso. Sendo assim, o Google Now poderá realizar pesquisas dentro de aplicativos de terceiros.

Caso o Google Now encontre informações diferentes a partir de locais diferentes, os "padrões de uso de aplicativos dos usuários" serão usados para determinar quais informações deverão ser selecionadas. Dessa forma, quando mais de uma resposta for fornecida por aplicativos concorrentes, o seu uso pessoal de aplicativos será usado para que o Google Now tome uma decisão.

Outra novidade do Google Now é que o recurso vai passar a exibir informações sobre parques de diversões. Os cartões vão mostrar o tempo de espera em determinadas atrações para vários parques. A ideia partiu de uma viagem que Chennapragada fez a Disneylândia, e filas intermináveis consumiram com boa parte do dia.

Outro foco do aplicativo será a personalização de experiências. Por exemplo, se uma pessoa gostas de chegar ao aeroporto mais cedo do que o normal para pegar um vôo, esse conhecimento poderá ser usado na exibição de cards. 

Cupons de desconto TecMundo: