Durante a sua conferência I/O 2015, a Google anunciou a versão prévia para desenvolvedores do Android M, mas esse não foi o único sistema operacional que a empresa trouxe para o evento. Outra novidade chamou bastante atenção, e seu nome é “Brillo”. Na semana passada, já havíamos falado desse SO aqui no TecMundo, mas agora ele se concretizou.

O Brillo é basicamente uma versão minimizada do Android tradicional que poderá rodar em aparelhos com hardware bem simples. A Google espera que fabricantes utilizem a plataforma em todo tipo de eletrônico na sua casa: geladeiras, lavadoras, lâmpadas, alarmes, termostatos e tudo mais. Com isso, esses aparelhos poderão se comunicar e ter suas funções controladas ou automatizadas pelo seu smartphone com Android M.

Para que esses equipamentos se comuniquem de forma eficiente, a Google desenvolveu um sistema chamado Weave. Ele é um protocolo de comunicação sem fio que estará presente em todos os equipamentos que utilizarem o Brillo ou o Android como SO.

A empresa espera liberar uma versão preliminar do Weave no último trimestre deste ano, e, em seguida, será a vez da primeira versão do Brillo ser disponibilizada. A Google não comentou quais empresas serão suas parceiras na fabricação de equipamentos com Brillo, mas não é difícil imaginar que muitas das atuais gigantes dos eletrônicos embarquem rapidamente nessa onda da internet das coisas.