(Fonte da imagem: Divulgação/Google)

O Google Glass é um dos produtos mais aguardados entre os fãs de eletrônicos – e a baixa quantidade de concorrentes de peso até o momento é uma de suas maiores vantagens. Mas a história poderia ter sido diferente: segundo um antigo funcionário da Apple, a empresa não esteve longe de apostar em óculos tecnológicos.

A revelação foi feita por Tony Fadell, ex-vice presidente executivo da Maçã e atual CEO da Nest. Em entrevista, ele revela que, enquanto estava na empresa (até meados de 2008), a Apple experimentava vários dispositivos, o que incluía um visor que transmitia conteúdo – mas o projeto foi descartado para que a empresa se focasse apenas na linha atual de produtos. Não era exatamente um Google Glass, mas o próprio funcionário cita o acessório como uma ideia similar.

“Na Apple, estávamos sempre perguntando: o que mais podemos revolucionar? Nós olhamos para câmeras de vídeo e controles remotos. A coisa mais maluca da qual falamos foi algo como o Google Glass. A gente falou `E se criássemos visores para simular como se você estivesse no cinema?`. Eu construí alguns protótipos, mas nós conseguimos sucesso com as coisas que estávamos fazendo e não tivemos tempo para isso”, relatou o executivo.

Cupons de desconto TecMundo: