(Fonte da imagem: Reprodução/Wired)

Nessa terça-feira (17), a Google registrou mais uma patente para incrementar ainda mais o projeto do futurista Google Glass. De acordo com ela, o equipamento pode ser desligado de forma automática caso haja um movimento súbito ou brusco que resulte na retirada do acessório da cabeça de quem o está usando.

Além disso, esse sistema também pode detectar se a pessoa que está utilizando os óculos é de fato o dono do dispositivo: ele faz com que o objeto seja desativado caso esteja sobre a cabeça de um estranho. Se um roubo for realmente reconhecido pelo sistema, o acessório dispara um alarme sonoro e a polícia também é acionada.

Para ter certeza de que os óculos serão encontrados no caso de um assalto, por exemplo, a patente também envolve um sistema de localização similar ao Find My iPhone, que está presente em aparelhos com iOS. Levando em consideração os US$ 1,5 mil gastos no acessório, os perigos com relação à segurança parecem não estar sendo subestimados pela Google.

Fontes: Wired, Gizmodo