Revelado originalmente em maio deste ano, o sistema operacional Brillo finalmente foi aberto para aqueles que desejam trabalhar com a Internet das Coisas. Baseada no Android, a solução foi desenvolvida para trazer simplicidade e velocidade a novos hardwares, oferecendo recursos essenciais, kits de desenvolvimento e um console para desenvolvedores.

O Brillo conta com suporte para processadores ARM, Intel x86 e MIPS-, além de ser compatível com uma série de placas diferentes. A promessa da Google é que a novidade deve fornecer a possibilidade de criar experiências que sejam simples de criar ao mesmo tempo em que oferecer consistência aos usuários.

A empresa também promete que o novo sistema operacional oferece formas fáceis de criar e testar protótipos, incluindo sistemas de relatórios de erros, atualizações OTA e métricas de desempenho. Para obter mais detalhes sobre a novidade e descobrir como trabalhar com ela, vale a pena visitar o site oficial do projeto (em inglês).

Cupons de desconto TecMundo: