Como muitos de vocês já sabem, a Google está trazendo um bom número de mudanças para o Google Assistant. Com elas, no entanto, muitos acabaram por se perguntar: como a empresa pretende lucrar com isso? A resposta, Sridhar Ramaswamy (vice-presidente sênior de Propaganda e Comércio da Google) revelou na conferência da Google Marketing Next.

De acordo com o site ReCode, a ideia é usar o serviço para recomendar lojas e produtos específicos quando o consumidor solicita a ajuda da ferramenta. Com isso, teríamos algo semelhante ao que foi feito mais no início do ano na promoção da Disney com seu filme "A Bela e a Fera".

É importante notar, no entanto, que isso não é um serviço separado da empresa. A novidade apenas usa como referência a mesma base de dados de propaganda já utilizada nas buscas tradicionais e não tem custos adicionais. Mesmo assim, a novidade é muito bem-vinda, já que traz uma maneira nova (e bastante atraente) de companhias incentivarem a compra e a venda de seus produtos.

Cupons de desconto TecMundo: